Mini Bar Teatro, a cozinha que me viu crescer

Para quem não sabe, sou cozinheira a tempo inteiro, ou seja, só venho aqui nos poucos tempos livres que tenho. E no último ano a minha cozinha foi o Mini Bar Teatro, do Grupo José Avillez.

Foi um ano de aprendizagem, não só profissional mas também pessoal, com muitos altos e baixos. Um ano de novas experiências ao lado de uma equipa excepcional. Um ano que termina com a certeza de que esta foi a cozinha que me viu crescer. E com a certeza que deixará saudades.

Para despedida, decidi que era o momento certo para levar o meu amor a jantar ao restaurante que foi, no último ano, a minha segunda casa.

No Mini Bar, existem dois menus de degustação, o menu Épico (surpresa) e o menu Cartaz, mas como eu estou farta de saber o que cada um deles leva, optei pela terceira opção, escolhi à carta. Escolhi os que para mim são os melhores pratos da casa e os que sabia que o meu amor ia gostar, claro!

Por estar inserido num teatro, a carta do Mini Bar é dividida e servida por actos. E estes actos foram especiais, os chefes, o chef Marujo e o sub-chef João Santos, fizeram questão de trazer cada prato. (Obrigada!!!)

No primeiro acto temos aquelas pequenas entradas que se comem numa só dentada e que são compostas apenas por um elemento: a caipirinha e margarita comestíveis e as azeitonas explosivas. No segundo acto as entradas mais elaboradas: a gamba em ceviche, o frango assado e o croquetes de novilho com dijonaise.

Processed with VSCO with a5 preset

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Do terceiro acto, escolhemos os imperdíveis cones de tártaro de atum com nori e maionese de kimchi e o ovo BT, cozido a baixa temperatura acompanhado de trufa, pão frito e parmesão. No quarto acto encontram-se os peixes. Aqui escolhi o quente e frio, um bacalhau em tempura (quente) coberto por molho escabeche e pó de framboesa (frio), por ser, sem dúvida, o meu preferido!

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

No quinto e último acto, os pratos de carne. Não resisti e pedi um de cada: bifana vietnamita, mini JAburguer, tataki de novilho e arroz de vitela. E para terminar em grande as sobremesas escolhidas foram a avelã ao cubo e o iogurte.

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Ao longo da refeição os cocktails não se ficaram nada atrás. Começámos por beber um primo basílico (manjericão) e um gaiato (gengibre e coentros). E depois, os meus queridos colegas de bar, Hugo da Fonseca e André Mano, prepararam dois cocktails igualmente bons, um Costa do Castelo (lima e limão) e um cocktail de autor de maracujá.

Processed with VSCO with a5 preset

O que dizer mais?? Adorei cada acto, cada pormenor e toda a atenção que nos foi dada. Eu sei que sou suspeita, mas não podia deixar de elogiar toda a equipa!

Agora despeço-me com a sensação de dever cumprido. Até breve!

Maria Lagariço

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s