Comer fora (da caixa) em casa #5 – Brunch me

O brunch que não podia faltar nesta nova rubrica do blog. Aquele que já contava os dias para o ter e poder comer de novo. O Brunch me está de volta, em take away claro! E tem novidades!

Fomos comer fora da caixa, em casa, naquele que é um dos espaços mais inspiradores da Ericeira, com brunch para todos os gostos e o staff mais querido! (sou suspeita, mas é uma realidade!!)

Claro que aproveitei para o desfrutar no cantinho que é atualmente o meu sweet spot, só falta a vista para o mar.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Comer fora (da caixa) em casa #1 – Mar das Latas

Com a situação em que estamos, em que a maior parte de nós fomos obrigados a parar as nossas atividades e suspender as nossas vidas, comer fora (da caixa) em casa é uma lufada de ar fresco!

Como estou em casa, na Ericeira, as sugestões que vou dar serão sempre aqui da zona, no concelho de Mafra, claro!

A que vos trago hoje, que já partilhei no instagram, é a Brunch Box do Mar das Latas. E vocês não estão a perceber que caixa é esta!!

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #6 TÁBUAS, Sintra

O brunch do Tábuas, Honest Food foi-me aconselhado várias vezes e vendido como um dos melhores na zona de Sintra, com fila a porta e reserva obrigatória! E eu, para não elevar demasiado as expectativas, fiz a reserva sem questionar ou pesquisar menus ou preços…

Mas que tão boa surpresa!!

Ao chegar ao restaurante, todas as mesas se encontravam reservadas (bem que nos avisaram!).

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #4 Tartine

Dos meus brunches preferidos de Lisboa, onde fui e não resisti em repetir. Mesmo no centro do Chiado, a Tartine é uma pastelaria e padaria que tem brunch todos os dias das 8h ao meio-dia, e ao fim-de-semana prolonga-se até às 17h.

O menu de brunch  (14€) é super completo, inclui cesto com 3 variedades de pão, manteiga, doce, queijo e fiambre (eu peço só queijo), mini panquecas, croissant, bebida quente, sumo do dia e iogurte natural com granola. Na ultima vez que la fui, queria ficar suficientemente satisfeita para depois ir trabalhar, então pedi uns ovos mexidos extra (2€).

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #3 Os brunches mais instagramáveis, em Santos

Depois de experimentar o brunch no La Boulangerie, em Santos, foi a vez de visitar os outros dois espaços da moda: Heim Café e Fauna & Flora.

Nesta loucura do brunch que anda por Lisboa eu tenho uma vantagem, quando vou, vou sozinha. E um espacinho numa mesa partilhada ou um lugar ao balcão há sempre (sorte a minha!!), pois as filas à porta vêem-se à distância, ao domingo então…

Heim Café
Heim Cafe Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
Processed with VSCO with a5 preset

Como já referi antes, tenho um limite orçamental em cada brunch que faço, 15€ é o máximo a pagar, por isso, quando há menu de brunch é sem dúvida a minha prioridade. E o Heim, tem 4 menus distintos, com diferenças nos ovos, na gulosice ou na bebida. Eu escolhi o brunch vermelho (13€), com ovos mexidos, bacon e abacate, limonada, iogurte com fruta e panqueca com banana.

Parece pouco, mas não é, tanto os ovos como as panquecas são muito bem servidos. As panquecas estavam deliciosas, altas e fofas como eu adoro!

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Fauna & Flora
Fauna & Flora Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato Processed with VSCO with a5 preset

O Fauna & Flora só tem menu à carta. Para quem come pouco é o ideal, porque cada prato vem exageradamente bem servido, mas para quem gosta de experimentar mais do que um prato do menu torna-se difícil. Nem por isso deixei de pedir um prato salgado e um prato doce. Comecei por escolher uma tosta de abacate (5€) e de seguida umas panquecas guilty (6,5€), para acompanhar uma limonada.

A tosta estava muito boa, apesar do pão um pouco tostado de mais, este fazia-se acompanhar de uma pasta de abacate deliciosamente temperada com uns ovos escalfados igualmente saborosos. As panquecas, com manteiga de amendoim, chocolate quente e amendoins torrados, seriam perfeitas não fosse já a minha falta de apetite!

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Maria Lagariço

Da saga: ao domingo é dia de brunch #2 OS LOBOS

Depois das mudanças para um dos bairros mais in de Lisboa, não perdi tempo até explorar os melhores sítios para comer em Alvalade. E, claro, um dos principais focos foi o brunch.

Encontrei os Lobos, a 10 minutos a pé da minha casa, com brunch all day everyday, com excepção da segunda-feira, dia de descanso do staff.

Aproveitei uma manhã de domingo (muito raras na nossa vida) para ir com o meu amor conhecer finalmente os Lobos. Optámos por comer na esplanada, visto que o sol tinha vindo para ficar.

Para comer escolhemos os dois brunchs da carta, o normal (12€) e o clássico (10€). O normal inclui uma tosta de salmão fumado ou abacate, sumo do dia, iogurte com fruta e granola, café e uma panqueca doce. O clássico, que é mais a minha cara, inclui ovos mexidos com bacon, pão e croissant, sumo do dia, iogurte com fruta e granola e café.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #1 LA BOULANGERIE

A minha faceta de exploradora continua e as minhas manhãs de domingo também, a conhecer um brunch diferente a cada semana que passa.

Esta foi a vez do brunch do La Boulangerie, uma padaria/pastelaria em Santos, com dois espaços interiores e uma esplanada com vista para o Museu Nacional de Arte Antiga. Aberto o dia todo, das 8h as 20h, tem menus de pequeno almoço, brunch e almoço e ainda petiscos, como tábuas de enchidos.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

3 brunches na zona mais multicultural de Lisboa

Depois de me tornar oficialmente licenciada e de terminar o meu último estágio na Capital, a minha vida deu uma volta de 180º, que me fez mudar definitivamente da Ericeira para Lisboa.

Com as resoluções de novo ano veio a determinação de que o foco não podia ser só trabalhar. Decidi portanto que, sozinha ou acompanhada, ao sábado seria dia de brunch.

Não comecei nada mal, fiz uma seleção de 3 brunches diferentes na zona do Intendente, onde moro, que foi considerada a zona mais multicultural de Lisboa, pela New York Times. Os 3 espaços escolhidos foram:

  • Brick Café Lisboa
  • Infame, Hotel 1908
  • Josephine Bistrô&Bar

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Se é louco por brunch e não abdica do seu estilo de vida saudável o GIG é a solução!

Aberto há menos de um ano, o GIG – Green is good é um restaurante que tem como fonte de inspiração o estilo de vida saudável. Localizado na Ericeira, a dois minutos da praia, é um ótimo local para tomar um pequeno-almoço reforçado, comer um bom brunch ou simplesmente almoçar.

A um sábado, na Ericeira e sem hora para acordar, o que que podíamos pedir mais? Um brunch no GIG!

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler