Ovos Benedict #homemade

Quem aqui adora Ovos Benedict como eu?

Os ovos escalfados tradicionalmente servidos numa base de muffin inglês ou numa torrada de pão, com fatias de bacon crocante e com o molho holandês a finalizar. A sua origem é reclamada por várias partes, tendo três versões, mas uma coisa é certa, vêm de Nova York!

Para desmistificar os ovos mais famosos de qualquer brunch, habitualmente confundidos com um bicho de 7 cabeças, vou dividir este post em duas partes. Primeiro vou dar dicas importantes para escalfar um ovo na perfeição e depois explicar passo a passo o processo do molho holandês.

Preparados? Mãos na massa!

ovos benedict
Continuar a ler

Quem conta um conto, aumenta o gosto #1 – Atum de Barrica

Na área da gastronomia, tanto para os que comem como para os que cozinham, é essencial ser refletida a origem e a história dos produtos e receitas em questão. Como tal, criei esta rubrica, com o objetivo de aprofundar a história, revelando curiosidades e aspetos marcantes na nossa alimentação.

Falemos de Atum de Barrica, um prato tradicional da zona Oeste, também conhecido por Estupeta de Atum na zona Algarvia de Vila Real de Santo António. Em que o atum sofre o mesmo processo de conservação, mas é confeccionado de maneiras distintas.

Atum fresco
Continuar a ler

Focaccia #homemade

Nem parece meu.

Sendo cozinheira e passando a maior parte dos meus dias numa cozinha (nunca menos de 12 horas) em ambiente profissional, quando chego a casa perco o apetite só de olhar para um tacho. Era assim, até há uma semana atrás.

O Covid, que me mantém fechada em casa “parada” há mais de uma semana, deu-me apetite, até de mais!

Hoje foi dia de focaccia, que para quem não sabe, é um pão italiano, fofo e super saboroso, não fosse a sua base o azeite.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Sugestão literária #1 – TOP, Tesouros de Origem Portuguesa de Fortunato da Câmara

TOP-Tesouros-Portugueses-de-Origem

Fazendo parte de uma geração em que existem pessoas que pensam que o frango do supermercado já nasce embalado e que a fruta cai das árvores diretamente para a mesa… este livro é, sem dúvida, uma lufada de ar fresco.

Lançado este ano (2017) por Fortunato da Câmara, conceituado crítico gastronómico formado em Produção Alimentar em Restauração (como eu!!), que demonstra um enorme interesse na História dos Alimentos.

Neste livro o foco são produtos de origem portuguesa, (re)conhecidos ou não. Não é um livro de receitas, mas apresenta sugestões e dicas de como consumir ou confeccionar determinados ingredientes.

A cada produto está reservado no máximo 4 páginas, o que torna a leitura rápida e nada exaustiva. Vale a pena ler.

Maria Lagariço

Encontro com Vinhos e Sabores, o evento que este ano se uniu ao Congresso Nacional de Cozinheiros

Começou ontem, sábado, dia 11 e termina segunda, dia 13. No Centro de Congressos de Lisboa. O evento é composto por dois pavilhões: o Pavilhão VINHOS, com mais de 100 expositores de vinhos diferentes, e o Pavilhão SABORES, com alguns expositores de produtos alimentares e materiais de cozinha e, ainda, a zona do Congresso de Cozinheiros.

Processed with VSCO with a5 preset Continuar a ler