Da saga: ao domingo é dia de brunch #4 Tartine

Dos meus brunches preferidos de Lisboa, onde fui e não resisti em repetir. Mesmo no centro do Chiado, a Tartine é uma pastelaria e padaria que tem brunch todos os dias das 8h ao meio-dia, e ao fim-de-semana prolonga-se até às 17h.

O menu de brunch  (14€) é super completo, inclui cesto com 3 variedades de pão, manteiga, doce, queijo e fiambre (eu peço só queijo), mini panquecas, croissant, bebida quente, sumo do dia e iogurte natural com granola. Na ultima vez que la fui, queria ficar suficientemente satisfeita para depois ir trabalhar, então pedi uns ovos mexidos extra (2€).

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Mini Bar Teatro, a cozinha que me viu crescer

Para quem não sabe, sou cozinheira a tempo inteiro, ou seja, só venho aqui nos poucos tempos livres que tenho. E no último ano a minha cozinha foi o Mini Bar Teatro, do Grupo José Avillez.

Foi um ano de aprendizagem, não só profissional mas também pessoal, com muitos altos e baixos. Um ano de novas experiências ao lado de uma equipa excepcional. Um ano que termina com a certeza de que esta foi a cozinha que me viu crescer. E com a certeza que deixará saudades.

Para despedida, decidi que era o momento certo para levar o meu amor a jantar ao restaurante que foi, no último ano, a minha segunda casa.

No Mini Bar, existem dois menus de degustação, o menu Épico (surpresa) e o menu Cartaz, mas como eu estou farta de saber o que cada um deles leva, optei pela terceira opção, escolhi à carta. Escolhi os que para mim são os melhores pratos da casa e os que sabia que o meu amor ia gostar, claro!

Por estar inserido num teatro, a carta do Mini Bar é dividida e servida por actos. E estes actos foram especiais, os chefes, o chef Marujo e o sub-chef João Santos, fizeram questão de trazer cada prato. (Obrigada!!!)

No primeiro acto temos aquelas pequenas entradas que se comem numa só dentada e que são compostas apenas por um elemento: a caipirinha e margarita comestíveis e as azeitonas explosivas. No segundo acto as entradas mais elaboradas: a gamba em ceviche, o frango assado e o croquetes de novilho com dijonaise.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #3 Os brunches mais instagramáveis, em Santos

Depois de experimentar o brunch no La Boulangerie, em Santos, foi a vez de visitar os outros dois espaços da moda: Heim Café e Fauna & Flora.

Nesta loucura do brunch que anda por Lisboa eu tenho uma vantagem, quando vou, vou sozinha. E um espacinho numa mesa partilhada ou um lugar ao balcão há sempre (sorte a minha!!), pois as filas à porta vêem-se à distância, ao domingo então…

Heim Café
Heim Cafe Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato
Processed with VSCO with a5 preset

Como já referi antes, tenho um limite orçamental em cada brunch que faço, 15€ é o máximo a pagar, por isso, quando há menu de brunch é sem dúvida a minha prioridade. E o Heim, tem 4 menus distintos, com diferenças nos ovos, na gulosice ou na bebida. Eu escolhi o brunch vermelho (13€), com ovos mexidos, bacon e abacate, limonada, iogurte com fruta e panqueca com banana.

Parece pouco, mas não é, tanto os ovos como as panquecas são muito bem servidos. As panquecas estavam deliciosas, altas e fofas como eu adoro!

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Fauna & Flora
Fauna & Flora Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato Processed with VSCO with a5 preset

O Fauna & Flora só tem menu à carta. Para quem come pouco é o ideal, porque cada prato vem exageradamente bem servido, mas para quem gosta de experimentar mais do que um prato do menu torna-se difícil. Nem por isso deixei de pedir um prato salgado e um prato doce. Comecei por escolher uma tosta de abacate (5€) e de seguida umas panquecas guilty (6,5€), para acompanhar uma limonada.

A tosta estava muito boa, apesar do pão um pouco tostado de mais, este fazia-se acompanhar de uma pasta de abacate deliciosamente temperada com uns ovos escalfados igualmente saborosos. As panquecas, com manteiga de amendoim, chocolate quente e amendoins torrados, seriam perfeitas não fosse já a minha falta de apetite!

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Maria Lagariço

Da saga: ao domingo é dia de brunch #2 OS LOBOS

Depois das mudanças para um dos bairros mais in de Lisboa, não perdi tempo até explorar os melhores sítios para comer em Alvalade. E, claro, um dos principais focos foi o brunch.

Encontrei os Lobos, a 10 minutos a pé da minha casa, com brunch all day everyday, com excepção da segunda-feira, dia de descanso do staff.

Aproveitei uma manhã de domingo (muito raras na nossa vida) para ir com o meu amor conhecer finalmente os Lobos. Optámos por comer na esplanada, visto que o sol tinha vindo para ficar.

Para comer escolhemos os dois brunchs da carta, o normal (12€) e o clássico (10€). O normal inclui uma tosta de salmão fumado ou abacate, sumo do dia, iogurte com fruta e granola, café e uma panqueca doce. O clássico, que é mais a minha cara, inclui ovos mexidos com bacon, pão e croissant, sumo do dia, iogurte com fruta e granola e café.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Mais um ano de Peixe em Lisboa – os pratos a não perder!

A 11ª Edição do Peixe em Lisboa teve lugar, mais uma vez, no Pavilhão Carlos Lopes, no Parque Eduardo VII e começou no dia 5 deste mês. A má notícia? Acaba já amanhã (dia 15).

Para quem nunca foi, este é o maior Festival Gastronómico de Lisboa, realizado com o objetivo de divulgar e valorizar o peixe e marisco da nossa costa, incluindo produtores, restaurantes e os pratos tradicionais portugueses tão bem conhecidos e reconhecidos.

Os restaurantes/chefs aderentes deste ano foram: Arola by Penha Longa Hotel, Casa do Bacalhau, Chef Kiko, Ibo Restaurante, Loco de Alexandre Silva, O Mariscador, Paulo Morais (Kanazawa), Taberna Fina e Varanda by Ritz Four Seasons Hotel.

A entrada do festival é sempre 15€, o que difere dos dias e hora é o valor consumível, que varia entre 6€ e 12€. Sobre isto podem saber mais aqui.

Eu sou aquela croma dos festivais gastronómicos que quando entro dou duas voltas a todo o espaço, leio todos os menus dos restaurantes, escrevo no telemóvel o que me agrada mais e depois dou a terceira volta para realmente pedir o que quero comer. Passado uma hora lá me sento mas não como logo, primeiro tiro mil fotografias para depois publicar, claro!!

Os pratos escolhidos foram:

O Trio de Nigiris (6€) e o Chirashi (10€), pelo Chef Paulo Morais a representar o Kanazawa. Não desilude, nunca. ↓

 

Processed with VSCO with a5 presetProcessed with VSCO with a5 preset

Por ter ido recentemente ao LOCO, os pratos presentes no Peixe em Lisboa já os tinha provado a todos, à excepção do dim sum de berbigão (6€) que não podia deixar de experimentar. Berbigão envolvido em folhas de espinafres, cozidos a vapor. ↓

Processed with VSCO with a5 preset

Tenho sempre aquela pancada por croquetes, então não consegui resistir a provar os croquetes de sapateira com maionese de citrinos (5€), do Ibo. ↓

Processed with VSCO with a5 preset

Por fim, mas longe de ser o menos importante, o Bao de Caranguejo de casca mole (10€), da Taberna Fina. Top top top (!!!)

Processed with VSCO with a5 preset

Adorei tudo, mas este último prato da Taberna Fina deixou-me totalmente rendida.

Passem pelo Peixe em Lisboa, ainda têm hoje e amanhã, não percam! Espero que aproveitem as minhas sugestões da melhor maneira.

Maria Lagariço

 

Mabiche, a nova pizzaria de Arroios que veio de Marseille para ficar

A 5 minutos a pé de minha casa, numa rua paralela com a rua de Arroios, esta pizzaria francesa chegou e arrasou.

A localização é top, o espaço é super clean, decorado em tons de branco e madeira e o forno é o ponto chave do restaurante. Para além de ser lindo de morrer, coberto de mini azulejos dourados, é nele que são feitas das melhores pizzas que já comi na vida.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler

Da saga: ao domingo é dia de brunch #1 LA BOULANGERIE

A minha faceta de exploradora continua e as minhas manhãs de domingo também, a conhecer um brunch diferente a cada semana que passa.

Esta foi a vez do brunch do La Boulangerie, uma padaria/pastelaria em Santos, com dois espaços interiores e uma esplanada com vista para o Museu Nacional de Arte Antiga. Aberto o dia todo, das 8h as 20h, tem menus de pequeno almoço, brunch e almoço e ainda petiscos, como tábuas de enchidos.

Processed with VSCO with a5 preset

Continuar a ler